quinta-feira, 28 de abril de 2011

Funcionalismo Estruturalismo Associacionismo

|| ||
Olá Colegas de Profissão!

Nossa primeira questão de Fórum o Professor nos indaga sobre as ideias das seguintes escolas Teóricas de Psicologia:


Funcionalismo
Estruturalismo 
Associacionismo



Em minhas pesquisas consegui alguns materiais  que podem esclarecer alguns conceitos e ajudá-los na construção de seu saber individual.
Segundo a Fonte: http://pt.shvoong.com/humanities/1718800-escolas-psicol%C3%B3gicas-estruturalismo-funcionalismo/#ixzz1KpDFrc9f

O ESTRUTURALISMO teve como expoente maior Titchener, discípulo de Wundt considerado o pai da Psicologia. Segundo o Estruturalismo a Psicologia é a ciência da consciência ou da mente, sendo que a última , ou seja, a mente, seria a soma total dos processos mentais. Para Titchener, cada totalidade psicológica compõe-se de elementos, sendo que a tarefa da Psicologia seria a de descobrir quais são os elementos, qual o verdadeiro conteúdo da mente e a maneira pela qual é estruturada.
Titchener é adepto do paralelismo psicofísico , ou seja, distingue o físico da mente. De forma resumida, podemos dizer que os pontos centrais sugeridos por Titchener são: O OBJETO É A CONSCIÊNCIA, A RELAÇÃO MENTE X CORPO É O PARALELISMO, O MÉTODO É A INTROSPECÇÃO, EMBORA TAMBÉM DEFENDA O USO DA EXPERIMENTAÇÃO, E A QUESTÃO É DESCOBRIR " O QUE", " O COMO", E O " POR QUE" DE SEUS ELEMENTOS.

O Estruturalismo procura entender a concatenação da unidade no todo. 

Para o FUNCIONALISMO a consciência exerce uma atividade adaptativa e é também um instrumento destinado a ajustar a ação. Dito de outra forma, a consciência seria um instrumento destinado a resolução de problemas.
O Funcionalismo teve William James com um de seus pioneiros. 
O Funcionalismo encara a Psicologia como sendo o estudo da vida psíquica, considerada como um instrumento de adaptação ao meio.
Segundo a Fonte http://moranapsicologia.blogspot.com/2006/04/o-associacionismo.html


O termo associacionismo origina-se da concepção de que a aprendizagem se dá por um processo de associação das idéias – das mais simples às mais complexas. Assim, para aprender uma coisa complexa, a pessoa precisaria primeiro aprender as idéias mais simples, que a ela estariam associadas.

O principal representante do Associacionismo é Edward L. Thorndike, sua importância está em ter sido o formulador de uma primeira teoria de aprendizagem na Psicologia. Sua produção de conhecimento pautava-se por uma visão de utilidade deste conhecimento, muito mais do que por questões filosóficas que perpassam a Psicologia.

Thorndike formulou a Lei do Efeito, que seria de grande utilidade para a Psicologia Comportamentalista. De acordo com essa lei, todo o comportamento de um organismo vivo (um homem, um pombo, um rato etc.) tende a se repetir, se nós o recompensarmos (efeito) assim que ele o emitir. Por outro lado, o comportamento tenderá a não acontecer, se o organismo for castigado (efeito) após sua ocorrência. È pela lei de efeito, que o organismo irá associar essas situações com outras semelhantes.
Exemplo: se ao apertarmos um dos botões de um rádio e formos “premiados” com música e, bem como, em outras oportunidades apertarmos o mesmo botão e novamente isso ocorrer, generalizaremos essa aprendizagem para outros aparelhos semelhantes, como toca - CD, DVD e etc.
Tanto o Funcionalismo, Estruturalismo e Associacionismo são perspectivas que relacionam nossas ações a eventos que ocorrem dentro do corpo, particularmente no cérebro e sistema nervoso. Portanto consideradas como fisiologistas.

Fonte:
KELLER, Fred Simmons, 1899-. A definicão da psicologia. São Paulo, Herder, p.159p., 1970-1974.
Da internet site: www.filosofia.fernaocapelo.com/resenhas/adefinicaodapsicologia.htm, em 16/04/2005.
Espero que sirva de reflexão pra responder á pergunta  do Fórum.
Beijinhos: Gi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...